Artista Deixa Vestido No Mar Morto Por 2 Anos E Ele Se Transforma Em Uma Obra De Arte De Sal Cintilante

No seu projeto mais recente, a artista israelense Sigalit Landau decidiu submergir um vestido preto no Mar Morto. O vestido entrou nas águas ricas em sal em 2014 e foi recentemente removido para exposição, e como você pode ver nestas imagens impressionantes, o resultado final é nada menos do que mágico.

O projeto é uma série de fotografias de 8 partes chamado Salt Bride e foi inspirado pela peça de S. Ansky de 1916. A peça é sobre uma jovem mulher hassídica que é possuída pelo espírito de seu amante morto, e o vestido incrustado de sal de Landau é uma réplica do vestido usado na produção dramática da década de 1920.

Landau conferiu o vestido preto várias vezes a cada 3 meses a fim de capturar o processo gradual de cristalização do sal que você pode conferir nas fotos abaixo.

Informações: Sigalit LandauMarlborough Contemporary | Via: Bored Panda

vestido-mar-morto-1 vestido-mar-morto-2 vestido-mar-morto-3 vestido-mar-morto-4 vestido-mar-morto-5 vestido-mar-morto-6 vestido-mar-morto-7 vestido-mar-morto-8

Compartilhe essa história!

Simple Share Buttons