Banco de madeira inteligente se espalha como as raízes de uma árvore na Coreia do Sul

Foto: Yong Ju Lee Arquitetura

Em um parque público em Seul, Coréia do Sul, uma elaborada rede de bancos de madeira se espalha como as raízes de uma árvore. Baseado no seu design vencedor do Hangang Art Competition, Yong Ju Lee criou uma peça artística e funcional de mobiliário público para todos os gostos. Conhecida como Root Bench, essa rede de bancos com quase 30 metros de diâmetro é composta de “raízes” de madeira que se elevam em altitudes diferentes.

Uma estrutura de aço coberta por um deck de madeira fornece móveis públicos em três alturas diferentes – uma cadeira para crianças, uma cadeira para adultos e uma mesa. O design orgânico é o resultado de um algoritmo de computador que gerou a forma radial dos bancos de uma maneira que se funde com o fundo de grama. O design engenhoso oferece um lugar de descanso para o público e permite que muitos usuários ao mesmo tempo, sem parecer superlotado.

Com o objetivo de confundir as linhas entre uma instalação feita pelo homem e o ambiente natural, o design de Yong Ju Lee é tão esteticamente agradável quanto funcional. À noite, a iluminação sob as porções elevadas fornece uma medida de segurança e aconchego ao espaço, garantindo que o Banco Raiz possa ser usado dia e noite. Seja olhando para se espreguiçar ou desfrutar de um piquenique com um amigo, o público pode aproveitar o Root Bench como um oásis na agitada cidade.

O projeto é o exemplo perfeito da prática de Yong Ju Lee, que foca no “experimento geométrico como um gesto primário criativo e estético da construção”. Seu grande interesse em geometria e tesselação brilha no Root Bench e demonstra como a nova tecnologia pode ser usada efetivamente para criar arquitetura orgânica minimamente invasiva.

O Root Bench é uma rede de bancos (com quase 30 metros de diâmetro) que se estende por um parque público em Seul, na Coreia do Sul.

Foto: Yong Ju Lee Arquitetura

Foto: Kyungsub Shin

Diferentes elevações permitem que os visitantes aproveitem o banco exclusivo de várias maneiras.

Foto: Kyungsub Shin

Foto: Kyungsub Shin

Foto: Kyungsub Shin

A iluminação abaixo dos bancos permite que o mobiliário público seja usado 24 horas por dia.

Foto: Kyungsub Shin

Foto: Kyungsub Shin

Foto: Kyungsub Shin

Yong Ju Lee usou um algoritmo de computador para criar a forma orgânica do Root Bench.

Foto: Kyungsub Shin

Foto: Kyungsub Shin

Yong Ju Lee Arquitetura: Site | Facebook | Instagram h / t: [archdaily]

Via: My Modern Met

Compartilhe, se você curtiu esse post!

Simple Share Buttons