Este homem com síndrome de Down se aposentou após 32 anos de excelente serviço no McDonald’s

Devido à falta de acessibilidade e às vezes até à discriminação, as pessoas com deficiência têm dificuldade em encontrar empregos remunerados. No entanto, muitos daqueles que conseguem aproveitar a oportunidade, provam para qualquer pessoa que pense que pessoas com deficiência não podem ter emprego que ela está enganada. Tomemos por exemplo provavelmente um dos funcionários mais adoráveis do McDonald’s, Russell O’Grady.

Russell, que hoje tem 50 anos, está se aposentando depois de passar 32 anos trabalhando no McDonald’s e dando o exemplo para todos que trabalharam lá com ele.

Russell tem síndrome de Down, uma condição genética que afeta cerca de 1 em cada 700 recém-nascidos nos EUA a cada ano. Em 1984, quando tinha apenas 18 anos, o Jobsupport ajudou-o a encontrar um emprego no McDonald’s. O Jobsupport é uma iniciativa do governo australiano que ajuda pessoas com deficiências intelectuais a encontrar emprego remunerado.

Apesar de não ter nenhuma experiência de trabalho, Russell impressionou a todos com sua ética de trabalho e tornou-se um funcionário querido para seu gerente, colegas e especialmente clientes. Ao longo dos anos, Russell tornou-se uma celebridade local, com muitas pessoas vindo visitá-lo no trabalho e cumprimentá-lo na rua.

Kate O’Grady, gerente assistente de apoio ao emprego, disse ao Daily Mail: “Ele é uma pessoa incrivelmente social e mal consegue andar na rua sem que as pessoas parem para conversar com ele ou comprar uma cerveja no clube”. Sorriso, atitude alegre e demonstrou dedicação excepcional ao seu trabalho.

Seu supervisor disse ao The Daily Telegraph: “Temos clientes regulares que visitam Russell na quinta e sexta-feira, e a equipe cuida dele, então vamos sentir a falta dele.”

Via: Bored Panda

Compartilhe, se você curtiu esse post!

Simple Share Buttons