Cientistas encontraram um pen drive, cheio de fotos de férias, no cocô de uma foca – e agora eles estão procurando pelo dono

Por acaso você perdeu um drive USB cheio de fotos e vídeos de suas férias na Nova Zelândia? Bem, temos boas e más notícias para você. A boa notícia é que os cientistas descobriram. A má notícia é que eles encontraram em cocô de foca.

Krista Hupman, bióloga da Nova Zelândia que estuda as fezes de focas leopardo, compartilhou com o The New York Times que sua equipe encontrou a estranha descoberta na matéria fecal coletada na Praia de Oreti, na região de Southland da Ilha do Sul da Nova Zelândia em novembro de 2017.As fezes de focas haviam sido previamente congeladas para um estudo posterior da dieta do animal, explicou o The New York Times.

“Eles disseram: ‘Você não acredita no que encontramos'”, disse Hupman sobre a reação do voluntário ao encontrar o pen drive.

Segundo a equipe, o pen drive foi encontrado totalmente intacto com a tampa ainda ligada. O melhor de tudo, ainda estava em funcionamento.

A equipe checou o cartão de memória e encontrou imagens da vida selvagem na Baía de Porpoise, que, segundo o New York Times, está a quase 100 quilômetros de onde as fezes foram coletadas. No entanto, não havia seres humanos identificáveis no cartão de memória, apenas um caiaque azul. Agora, os pesquisadores estão usando isso como uma pista para ajudar a encontrar o proprietário de direito.

“A NIWA está procurando pelo dono de um pendrive encontrado no cocô de uma foca-leopardo”, a equipe twittou. “[Reconheça] este vídeo? Cientistas que analisam a dispersão de focas leopardo encontraram uma descoberta inesperada – um pendrive cheio de fotos e ainda em funcionamento! ”

A NIWA está procurando pelo dono de um pendrive encontrado no cocô de uma foca leopardo … Reconheça esse vídeo? Cientistas que analisam a dispersão de focas leopardo encontraram uma descoberta inesperada – um pendrive cheio de fotos e ainda funcionando bem!

Até agora, observou Hupman, pelo menos quatro pessoas se apresentaram para reivindicar a posse do bastão. No entanto, Hupman não acredita que nenhuma dessas pessoas seja o dono atual.

Embora este seja um conto bastante humorístico, a voluntária Jodie Warren advertiu que ainda é um sinal de catástrofe ambiental em potencial.

“É muito preocupante que esses incríveis animais da Antártida tenham plástico assim dentro deles”, disse Warren. “Quanto mais pudermos descobrir sobre essas criaturas, mais poderemos garantir que elas sejam cuidadas”.

Via: Travel + Leisure

Compartilhe, se você também riu com esse post!

Copied!