Artista revela o contraste entre os dois mundos em que atualmente vivemos ao combinar fotos

Olá, sou Uğur e moro em Istambul, na Turquia. Estou tentando mostrar as questões importantes que o mundo está enfrentando, como injustiça social e guerra, colocando duas fotos lado a lado em um único quadro. Ao fazer isso, quero demonstrar os contrastes entre os dois mundos diferentes em que vivemos.

Eu comecei meu primeiro trabalho no universo paralelo em uma reportagem. Comecei a ver medo e desespero aos olhos das crianças refugiadas que tentavam ir para a Europa. Acho que não sabemos nada sobre guerra, fome, etc. Hoje, você pode ser pacífico, mas enquanto esses problemas persistirem, você estará exposto a esses problemas. Como artista, acredito que a arte é o mestre de todas as línguas. Por muito tempo, a arte tem sido usada para criar consciência que ajuda no despertar das comunidades.

Eu queria mostrar a diferença entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos. A mensagem que quero transmitir através do meu trabalho é versátil. Os países desenvolvidos vivem no luxo, na paz e no desperdício, mas gostaria de lembrá-los de que as pessoas nos países subdesenvolvidos vivem na dor, na fome e na guerra. Eu também queria lembrar aos países subdesenvolvidos que eles poderiam encontrar um melhor governo e educação, e eles podem ser tão fortes e pacíficos quanto os países desenvolvidos. Eu quero mostrar os problemas do mundo moderno, a ganância, a injustiça.

Eu uso o visual de fotojornalistas que trabalham em condições extremas de todo o mundo. Anteriormente compartilhei meu trabalho na Bored Panda e continuo meu trabalho com intenso apoio de todo o mundo. Eu quero apresentar minhas novas peças.

Mais informação: Instagram

#1 Afeganistão

A criança afegã trabalha em um estaleiro de carvão em Jalalabad. Foto: Noorullah Shirzada

#2 Iêmen

O casamento infantil é comum em muitos países do mundo. Não só nos países atrasados, mas também nos países desenvolvidos. Amostra: EUA
Foto: Stephanie Sinclair

#3 foco

#4 Síria

É ridículo esperar um futuro cheio de paz e amor de gerações que nunca viveram. Foto: Yasin Akgül

#5 Líbia

Foto: Chris Hondros

#6 Síria

Foto: Nazeer Al-Khatib

#7 Síria

Foto: Ammar Sulaiman

#8 sem título

#9 Iraque

Foto: Odd Andersen

#10 Iraque

Soldados americanos torturando prisioneiros de guerra na prisão de Abu Ghraib, no Iraque.

#11 Iraque

Foto: Sean Smith

#12 Afeganistão

Najiba segura seu sobrinho Shabir (2), que foi ferido em uma explosão que matou sua irmã em Cabul, Afeganistão, em março de 2016. A bomba explodiu em uma parte relativamente pacífica de Cabul enquanto a mãe de Shabir andava com as crianças para a escola. Foto: Paula Bronstein

#13 Iraque

Soldados americanos torturando prisioneiros de guerra na prisão de Abu Ghraib, no Iraque.

#14 Bomba atômica

#15 Chade

Foto: Marco Gualazzini

#16 em todos os lugares

O consumo de luxo, por um lado, e a pobreza, por outro. Refugiados Rohingya. Foto: Allison Joyce

#17 Israel

(R) Meninas escrevendo mensagens sobre bombas em uma unidade de artilharia durante a guerra israelense-libanesa de 2006. (L) Uma menina que tem que fugir de seu país por causa da guerra está desenhando pichações na parede de um campo de refugiados na Grécia.

#18 Venezuela

Durante o protesto do governo na Venezuela, os manifestantes tentaram destruir uma motocicleta policial e o tanque de gasolina explodiu. Ele sobreviveu ao incidente com queimaduras de primeiro e segundo grau. Foto: Ronaldo Schemidt

#19 Afeganistão

Uma afegã se senta ao lado de uma criança ferida depois de receber tratamento no Hospital Infantil Indira Gandhi, depois de um poderoso ataque a caminhões-bomba em Cabul, em 15 de janeiro de 2019.

Shakib Rahman

#20 Afeganistão

Balas antiaéreas na guerra civil afegã. Foto: Patrick Robert

#21 Síria

Homens sírios carregando bebês atravessam os escombros dos prédios destruídos após um ataque aéreo na parte norte de Aleppo.

Ameer Alhalbi

#22 Síria

Foto: Bülent Kılıç

#23 Sudão-Darfur

#24 Iraque

Sementes dando flores. Foto: Khalid Mohammed

#25 Iêmen

Em outubro de 2018, as Nações Unidas alertaram que 13 milhões de pessoas enfrentam fome no que poderia ser “a pior fome do mundo em 100 anos”. Em novembro de 2018, segundo o relatório do New York Times, 1,8 milhão de crianças no Iêmen estão extremamente sujeitas à desnutrição.

Abdo Hyder

#26 Sudão do Sul

Soldado criança. Foto: Andreea Campeanu

#27 Ucrânia

Foto: Valentyn Ogirenko

#28 Iêmen

#29 Síria

Foto: Khaled Khatib

#30 Israel

Foto: David Guttenfelder

 

Via: Bored Panda

Compartilhe!

Copied!